Procurar trabalho

Apresentação das candidaturas a emprego

Resposta a um anúncio de emprego Siga o procedimento de candidatura descrito no anúncio de emprego. Algumas empresas pedem aos candidatos que apresentem um curriculum vitae e uma carta de apresentação. Outras fornecem um formulário que deve ser integralmente preenchido. Apresente sempre a candidatura na língua em que o anúncio foi publicado, salvo indicação em contrário.

Se possível, personalize a sua candidatura: informe-se do nome do responsável pelo processo de seleção, que pode ser um gestor de recursos humanos (RH) ou o diretor do departamento onde existe a vaga, e enderece-lhe a sua candidatura.

Mantenha um registo dos empregos a que se candidatou, porque, provavelmente, irá precisar dele no caso de um dos empregadores o contactar.


Contactos telefónicos

Se necessário, telefone para a empresa para pedir informações sobre os procedimentos de candidatura, solicitar o respetivo formulário ou perguntar o nome da pessoa de contacto, de modo a poder endereçar a sua carta de candidatura à pessoa mais indicada.

Quando fizer um telefonema relativo a uma oferta de trabalho específica, explique se pretende obter mais informações ou candidatar-se por essa via ao lugar em causa. Se o momento não for conveniente, pergunte quando será a altura mais adequada para voltar a telefonar. Seja breve e fale com clareza, para mostrar que preparou a chamada. Se telefonar do estrangeiro, mencione este facto e indique se prefere falar na sua própria língua ou noutra língua (estrangeira).

Apresente-se de forma concisa e esclarecedora (prepare-se previamente para o fazer), explicando as razões por que se considera adequado para a vaga existente e peça para lhe marcarem uma entrevista presencial. Evite ambientes ruidosos, principalmente se estiver a ligar de um telemóvel.

Esteja preparado para anotar todas as informações que receber pelo telefone.


Apresentação de candidaturas espontâneas

Se apresentar uma candidatura espontânea por escrito, seja persuasivo. Tem de convencer o empregador de que um encontro consigo não será uma perda de tempo. A sua gramática e ortografia devem ser perfeitas e o tom da carta positivo e cativante.

Comece por especificar o tipo de funções em que está interessado e discrimine as competências, os conhecimentos e a experiência que possui e que são suscetíveis de corresponder ao que o empregador procura. Depois, forneça outras informações sobre os seus antecedentes que lhe possam despertar o interesse. Mencione também a sua disponibilidade e seja sucinto.


CV e carta de apresentação

O curriculum vitae pode ser genérico, embora seja sempre preferível adequá-lo a cada candidatura.

A carta de apresentação não é uma mera carta de acompanhamento que segue juntamente com o CV, deve ser personalizada, pertinente e apelativa. Utilize o formato e as normas nacionais utilizadas nas cartas: informe-se previamente a seu respeito.

Deve adaptar sempre a sua carta à oferta de emprego específica, assiná-la e expor as razões da sua candidatura. Inclua o endereço da empresa corretamente escrito, a data, a indicação do lugar a que se candidata, uma referência ao meio através do qual tomou conhecimento do anúncio de emprego, uma descrição das suas competências (qualificações, experiência de trabalho e noutros campos), um pedido de entrevista pessoal e o seu nome e contactos corretos. Se desconhecer o nome da pessoa a contactar na empresa, inicie a sua correspondência (correio eletrónico ou carta) com o vocativo «Caro Senhor» ou uma expressão equivalente.

Realce os motivos por que considera ser a pessoa indicada para o lugar em questão e descreva o contributo que poderá dar à empresa. Refira as principais exigências mencionadas no anúncio de emprego, explicando pelas suas próprias palavras de que modo as satisfaz.

Concentre-se na mais-valia que pode representar para o empregador e no modo como o seu trabalho na empresa o ajudará a ele (e não na forma como a obtenção do emprego o ajudará a si).


Quer destacar-se? Então faça uma pesquisa sobre a empresa, antes de se candidatar. Informe-se sobre as pessoas que a integram e a sua cultura, os locais onde opera no país de origem e no estrangeiro, o número de trabalhadores e a sua estratégia para o futuro. Procure dados a seu respeito na imprensa económica, bem como no próprio sítio web da empresa, para ficar com uma ideia geral (os concorrentes da empresa, o estado do mercado e os fatores económicos locais).

Cuide da apresentação: é essencial que a sua carta e o CV estejam claramente estruturados. O modelo europeu Europass-CV é muito utilizado em alguns países, mas não em todos. Veja informações específicas nas secções da brochura relativas aos diversos países.

Elabore os seus documentos de forma bem legível e metódica, para impressionar favoravelmente o empregador. Não use ficheiros de animação nem um estilo gráfico demasiado fantasioso, a menos que constituam um requisito do emprego em causa.

Venda as suas competências: para além das suas habilitações académicas, formação e experiência profissional, especifique as competências adquiridas em atividades de voluntariado ou recreativas. Confirme se tem carta de condução, as línguas que fala (e em que nível) e as sua competências informáticas e noutros domínios.

Fotografias: em alguns países, é habitual enviar uma fotografia juntamente com a candidatura. Noutros, não é aconselhável. Veja o que é dito a esse respeito nas secções da presente brochura relativas aos diversos países.


Candidaturas por correio eletrónico

Não utilize um endereço de correio eletrónico de teor brincalhão ou humorístico, ou com uma indicação ambígua do assunto a que se refere. Para enviar a candidatura, não utilize o sistema de correio eletrónico do seu atual empregador, nem mensagens dirigidas a vários destinatários. Preencha o campo «Assunto» com a designação do lugar a que se candidata.


Anexos das mensagens de correio eletrónico

Reduza o número de anexos ao mínimo e evite enviar ficheiros grandes. Se a sua candidatura for constituída por uma carta de apresentação e o CV ou formulário de candidatura, escreva uma nota de apresentação sucinta na mensagem de correio eletrónico com uma descrição dos anexos que a acompanham. Normalmente, o CV e a carta de apresentação são enviados como anexos (veja as indicações específicas nas secções da presente brochura relativas aos diversos países). Se tiver de preencher um formulário de candidatura, verifique se respondeu a todas as perguntas.


Aguardar resposta

Se o empregador não estiver interessado no seu perfil, não estranhe se não receber qualquer resposta à sua candidatura.

© União Europeia, 2014

Study in Switzerland
MBA_Master_220.jpg

Study in Poland
SWPS_eng_220_uni.jpg
Privacy Policy