Trabalho na Europa

País

Bulgaria - trabalho

País: Bulgária
Línguas oficiais: búlgaro
Forma de governo: república parlamentar
População: 7,3 milhões
Capital: Sófia
Moeda: lev búlgaro (BGN)
Membro da UE ou do EEE: UE
Código telefónico: +359
Código Internet: .bg

Por que neste país?

As pessoas que gostam de banhos de sol acorrem às praias da costa do mar Negro, enquanto as mais aventureiras percorrem a pé as montanhas escarpadas e as florestas ainda habitadas por linces, ursos e outros animais selvagens raros. Os amantes de história podem visitar os numerosos vestígios romanos e aprender algo sobre os antigos trácios, povo conhecido pelos seus artefactos metálicos, a arte equestre e a cultura artística.

A Bulgária tem tido um forte crescimento económico desde que aderiu à União Europeia, em 2007. No entanto, a sua taxa de desemprego ainda é elevada e os salários são baixos em termos europeus. Podem existir mais oportunidades para os empresários e muitas empresas multinacionais necessitam de pessoal para as crescentes atividades que desenvolvem no país. A maior parte dos empregos são no setor dos serviços, seguido dos setores da indústria transformadora e da agricultura. Nos setores da hotelaria e do turismo há uma procura significativa de trabalhadores.

"A Bulgária é um bom país para viver e trabalhar. Hospitaleiro e atencioso com as pessoas de outros países, tem uma população tolerante, franca e calorosa. As zonas rurais são muito belas, o clima bom, a vida cultural dinâmica - e o vinho e a culinária excelentes!"

Elena Vidinska, conselheira EURES, Bulgária


Procurar trabalho

Os candidatos a emprego podem começar por procurar trabalho através da agência nacional de emprego, o principal media­dor presente no mercado de trabalho. Tam­bém existem várias agências privadas autorizadas, incluindo a Adecco Bulgaria, a Manpower Bulgaria, a Job Tiger e a Jobs.bg. Para obter as ligações web a essas organi­zações, visite a página Ligações do portal EURES. Outros recursos são a página EURES no próprio portal da agência nacional de emprego búlgara (http://www.az.governo.bg/eures) e os centros de emprego locais disseminados por todo o país.

Dicas para a apresentação das candidaturas

Em regra, os interessados apresentam a sua candidatura a um determinado emprego e são posteriormente chamados para uma entrevista com o empregador ou um seu representante. Complementarmente ao CV, o empregador exige habitualmente uma carta de apresentação sucinta, em que o candidato expõe as razões por que está interessado na vaga em causa.

É habitual incluir uma fotografia no CV?

É aconselhável incluir uma fotografia no CV, embora não seja obrigatório fazê-lo.

Há preferência por candidaturas manuscritas?

Não, a carta de apresentação deve ser escrita num computador.

O CV modelo Europass é amplamente utilizado e aceite?

Sim, o modelo europeu de CV (Europass) é o preferido.

Contactos telefónicos

A apresentação da candidatura por via telefónica não é, geralmente, recomendável, porque facilita a exclusão do candidato. A chamada telefónica deve ser utilizada para marcar uma entrevista. Tenha o cuidado de fazer o seguinte: apresente-se, indique o lugar em que está interessado e esclareça o motivo do telefonema. Exponha concisa e claramente as razões por que se considera qualificado para esse lugar e tente marcar uma data para a entrevista.

Tenho de enviar diplomas juntamente com a minha candidatura?

Não, mas poderão exigir-lhe que apresente uma cópia do diploma, por ocasião da entrevista.

Devo apresentar referências, cartas de recomendação ou o certificado de registo criminal?

Os antigos empregadores podem fornecer referências que provem a adequação do candidato para a vaga existente. Alguns empregadores exigem cartas de recomendação O certificado de registo criminal será ou não necessário consoante o tipo de trabalho em causa.

Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

Esse período depende das necessidades do empregador, mas é raro demorar meses

Preparação para a entrevista

O candidato deve estar informado a respeito da atividade da empresa, da sua gestão, dos seus clientes e concorrentes e das suas oportunidades de desenvolvimento. No decorrer da entrevista, o empregador avaliará o rigor da expressão, a apresentação, a compostura, a autoconfiança e os gestos do candidato.

Dicas sobre o que deve vestir

O vestuário deve ser informal mas de boa qualidade, evitando as peças desportivas, saias curtas ou cores berrantes. As roupas devem estar limpas e os sapatos engraxa-dos, e devem condizer entre si. Evite desodorizantes e perfumes de odor muito ativo e preste atenção a pormenores como o penteado e a limpeza do cabelo e das unhas. Os homens devem estar bem barbeados ou ter uma barba cuidada. Evite adornos extravagantes.

Quem estará presente?

Se a entrevista tiver lugar na empresa, participarão apenas o empregador ou um seu representante e o candidato; se se realizar no centro de emprego local, estará também presente um funcionário do centro.

Cumprimentamo-nos com um aperto de mão?

Às vezes sim, mas apenas por iniciativa do entrevistador. Se forem vários entrevistadores, não haverá apertos de mão.

A entrevista obedece a um esquema rígido?

A reunião pode demorar entre 1/2 hora e 1 hora, no máximo. Se o empregador exigir que o candidato efetue um teste prático após a reunião, o processo será mais demorado.

Por norma, a entrevista desenrola-se de acordo com o seguinte esquema básico: depois de se cumprimentarem, o empregador ou o seu representante fazem perguntas ao candidato. O empregador tentará manter uma conversa normal com o candidato, que se deverá mostrar auto-confiante e tranquilo.

Os candidatos devem mostrar-se respeitosos, afáveis e joviais, olhar de frente para o entrevistador, ouvir atentamente as perguntas, responder a cada uma delas em 2 minutos, no máximo, falar clara, segura e calmamente, expor resumidamente as suas aptidões próprias e comparar a sua experiência com as exigências do lugar a que se candidatam.

No final da entrevista, o candidato poderá fazer algumas perguntas, nomeadamente sobre a estrutura de gestão da empresa, o dia normal de trabalho no lugar a que se candidata, o prazo de resposta à candidatura, os programas de formação e qualificação do pessoal da empresa, etc.

Quando é que uma pergunta ultrapassa os limites?

A lei búlgara da promoção do emprego proíbe a discriminação direta ou indireta nos processos de candidatura a empregos. O empregador não pode pedir informações sobre a vida privada dos candidatos. A legislação búlgara sobre proteção de dados define «informação privada» como qualquer informação sobre um determinado indivíduo que possa ser rastreada através de um número.

Negociação do salário e outras contrapartidas

Os candidatos não devem mencionar a questão do salário durante a entrevista. É comum aguardar que o empregador faça uma proposta de trabalho antes de nego­ciar o salário e outras contrapartidas. O pagamento pode ser efetuado à hora ou ao mês, consoante o contrato. O montante da remuneração é determinado pelo tempo de trabalho ou pelos dados relativos à produ­ção. O salário correspondente a cada uni­dade (quota de produção) é negociado entre o trabalhador e o empregador, mas não pode ser inferior ao estipulado na con­venção coletiva de trabalho. As remunera­ções de alguns grupos profissionais estão sujeitas a limiares. Nos restantes casos, o montante da remuneração não deve ser inferior ao salário mínimo anualmente fixado pelo governo.

O salário é normalmente pago ao mês, embora em alguns casos possa ser sema­nal. O pagamento adiantado de parte do salário mensal, aproximadamente a meio do mês, é comum. Algumas empresas pri­vadas de grande dimensão pagam prémios de desempenho.

Não é habitual negociar outras contrapar­tidas. As contribuições para a segurança social, os seguros de saúde e os impos­tos são estabelecidos por lei e deduzidos do salário pelo empregador. Se este quiser oferecer regalias adicionais ou mais dias de férias, está autorizado a fazê-lo.

Poderá haver um período experimental?

Só no âmbito do estágio (ver abaixo).

Qual a duração normal dos estágios?

Normalmente, as empresas pedem aos candidatos que acedam a fazer um período experimental ou estágio que pode ter até 6 meses de duração, em conformidade com o código do trabalho búlgaro. Durante este período, o trabalhador pode ser despedido sem pré-aviso.

O empregador reembolsar-me-á das despesas efetuadas para comparecer à entrevista?

Isso só acontece muito raramente. As despesas de viagem podem ser reembolsadas no âmbito de alguns programas especificamente destinados a desempregados inscritos nos centros de emprego.

Quando me comunicarão os resultados?

Se o candidato for indicado por um centro de emprego, o empregador é obrigado a informar o centro de emprego local sobre o resultado do processo de seleção no prazo de 7 dias. Quando o centro de emprego intervém ativamente na organização da entrevista, deve informar os candidatos rejeitados da decisão do empregador. Nos restantes casos, a lei não obriga os empregadores a comunicarem aos candidatos os resultados do processo de seleção.

Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

No final da entrevista, agradeça ao empregador o tempo que lhe foi dispensado, ou escreva-lhe uma carta de agradecimento posteriormente. Algum tempo depois, se nada tiver sido acordado em contrário, o candidato pode contactar o empregador para saber o resultado da entrevista.

Com que antecedência devo chegar à entrevista?

Os candidatos devem chegar cerca de 10 minutos antes da hora marcada para a entrevista.

data da ultima modificação: 2014-11-21 21:16:51

© União Europeia

Study in Switzerland
MBA_Master_220.jpg

Study in Poland
WSPA_220_online.png
Privacy Policy