Trabalho na Europa

País

Noruega - trabalho

País: Noruega
Línguas oficiais: norueguês
Forma de governo: monarquia constitucional
População: 5,1 milhões
Capital: Oslo
Moeda: coroa norueguesa (NOK)
Membro da UE ou do EEE: EEE
Código telefónico: +47
Código Internet: .no

Por que neste país?

Embora seja uma nação jovem, a Noruega possui uma longa história e um património grandioso. Ao longo dos anos, os seus usos e tradições fundiram-se com os estímulos e influências vindos do estrangeiro. Caracterizada por vastas zonas rurais bem preservadas, a Noruega oferece muitas oportunidades para a prática de atividades ao ar livre, incluindo provas desportivas.

Os candidatos a emprego que estejam interessados em procurar trabalho na Noruega devem ter em conta que, segundo os inquéritos mais recentes, as ofertas de emprego diminuíram nos setores das finanças, dos seguros, da construção e da gestão, bem como no da exploração mineira, tendo, no entanto, aumentado no setor das tecnologias da informação e das comunicações. O mercado de trabalho revela uma forte procura de engenheiros e técnicos informáticos, bem como de engenheiros especializados nos domínios petrolífero e das geociências. Também há falta de profissionais de saúde, principalmente de enfermeiros.

Procurar trabalho

As ofertas de emprego são publicadas nos sítios web das empresas, em sítios web especializados, nos jornais, através de empresas de mediação ou do serviço público de emprego (http://www.nav.no).

Dicas para a apresentação das candidaturas

Envie a candidatura em inglês (ou numa língua escandinava, se falar alguma delas), incluindo uma carta de apresentação e o CV (com uma página, no máximo, embora se o interessado for um técnico, o CV possa ser mais extenso e pormenorizado).

Se enviar uma candidatura espontânea, informe-se do nome de um responsável dos recursos humanos a quem a possa endereçar. A candidatura deve incluir uma carta de apresentação (com uma página, no máximo) e o CV.

Prepare uma candidatura diferente para cada vaga ou empresa. Caso se candidate a um emprego numa grande empresa, telefone ou envie uma mensagem de correio eletrónico ao recrutador alguns dias depois e pergunte se leram o seu CV e o que pensam dele, ou se há muitos candidatos e para quando poderá esperar uma resposta.

Seja breve e conciso ao descrever-se a si próprio e às suas qualificações, e faça-o com honestidade e sem exageros. Elabore um CV simples e despretensioso. Seja honesto quanto às suas competências linguísticas, especialmente no que se refere ao inglês. «Bons conhecimentos de inglês» são uma coisa, e «conhecimentos ao nível escolar» outra bem diferente.

É habitual incluir uma fotografia no CV?

Não é comum incluir uma fotografia.

Há preferência por candidaturas manuscritas?

Não, as candidaturas manuscritas não são utilizadas na Noruega.

O CV modelo Europass é amplamente utilizado e aceite?

Não, não é.

Contactos telefónicos

É normal entrar em contacto com a pessoa responsável para obter informações adicionais sobre a vaga. Prepare perguntas pertinentes sobre o trabalho e a empresa, e telefone entre as 9h00 e as 3h00 da tarde de um dia útil (de segunda a sexta-feira).

Tenho de enviar diplomas juntamente com a minha candidatura?

As cópias dos diplomas ou certificados só devem ser enviadas juntamente com a candidatura se essa indicação constar do anúncio. De contrário, apresente-as quando o empregador as solicitar. Os empregadores exigem cópia certificada e tradução autenticada (em norueguês ou, pelo menos, em inglês) do diploma.

Devo apresentar referências, cartas de recomendação ou o certificado de registo criminal?

Por norma, os empregadores noruegueses costumam verificar as referências. O candidato deve indicar no final do CV as pessoas que podem dar referências a seu respeito e confirmar ao recrutador norueguês (em inglês ou numa língua escandinava) a sua atividade profissional anterior e as suas aptidões pessoais e profissionais.

As cartas de recomendação não são necessárias, nem costumam ser pedidas, a menos que o candidato não possa indicar alguém que dê referências sobre si.

Para a admissão em empregos nos setores da segurança e da educação, exige-se um comprovativo da inexistência de cadastro criminal, mas essa exigência é mencionada no anúncio de emprego.

Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

Pode variar. Alguns anúncios têm a indicação de que o trabalho se iniciará «logo que possível», outros referem um prazo de 3 meses.

Preparação para a entrevista

Na maior parte dos casos, o candidato é convocado para uma entrevista presencial, embora, por vezes, o primeiro contacto direto consista numa entrevista telefónica.

Não se esqueça de que o CV e a carta de apresentação são apenas o seu «bilhete de entrada» para uma entrevista. É nesta que a sua competência é posta à prova. A entrevista depende fundamentalmente das suas aptidões pessoais e do modo como a sua personalidade se manifesta numa situação de trabalho. Neste ponto, a «química pessoal » entre o candidato e o recrutador pode ser decisiva. Mostre-se interessado e motivado, faça as perguntas certas e ouse falar por si e dar a sua opinião.

O número de entrevistas poderá variar entre uma (o mais comum) e duas ou três (se se tratar de pessoal altamente qualificado). A duração normal de uma entrevista é de 45-90 minutos.

Dicas sobre o que deve vestir

No que respeita à indumentária, os hábitos noruegueses aconselham um estilo informal. A regra da «camisa branca e gravata » só se aplica aos candidatos a cargos de direção em setores como o financeiro, o imobiliário, a consultoria, ou outros cargos em cujo exercício as funções de representação tenham um peso considerável. Procure fotografias do pessoal no sítio web da empresa e veja como estão vestidos.

Quem estará presente?

A entrevista será conduzida por uma a cinco pessoas, entre as quais poderão estar um representante do sindicato e um representante dos trabalhadores, principalmente se o emprego for no setor público.

Cumprimentamo-nos com um aperto de mão?

É muito vulgar as pessoas cumprimentarem-se com um aperto de mão, que tem de ser firme.

A entrevista obedece a um esquema rígido?

O responsável pela reunião começará por lhe falar da empresa e do lugar vago. Em seguida, convidá-lo-á a apresentar-se e a explicar o que o levou a candidatar-se. Não hesite em fazer perguntas de caráter profissional sobre a empresa e o lugar em causa. No final, poderá colocar questões sobre o salário e as condições de trabalho e, por último, o empregador informá-lo-á sobre o prazo previsto para a notificação dos resultados.

As questões abordadas serão, na sua maioria, de índole profissional, mas o empregador avaliá-lo-á, principalmente, pelas características pessoais reveladas no modo como apresenta as qualificações profissionais que detém. Mantenha-se calmo e seja genuíno. Mostre que será uma mais-valia para a empresa. Não tente impressionar o recrutador e seja honesto, modesto e pragmático.

Quando é que uma pergunta ultrapassa os limites?

A discriminação em função das convicções políticas, religião, orientação sexual, idade, deficiência ou filiação sindical é ilegal, salvo se houver uma relação direta e relevante com as funções a desempenhar. O candidato não é obrigado a responder a perguntas sobre uma eventual gravidez ou se está a receber algum tipo de prestação social. Contudo, deve mostrar sensatez. Os empregadores esperam que o candidato revele iniciativa, assuma a responsabilidade pelo seu próprio trabalho e seja capaz de trabalhar com autonomia.

Negociação do salário e outras contrapartidas

Geralmente, o valor do salário é determinado ao mês, mas no caso dos trabalhos sazonais pode ser expresso à hora. Muitas vezes, nada há a negociar, porque existem contratos de trabalho normalizados. Em todo o caso, convém informar-se junto do sindicato do setor sobre os salários normalmente auferidos para ficar com uma ideia daquilo com que pode contar. Por norma, a negociação do seu salário terá lugar depois de o lugar lhe ser oferecido.

O subsídio de férias é regulado por lei e está incluído no salário. Os sindicatos negoceiam os salários e as regalias suplementares a nível nacional. Ao nível da empresa, é o delegado sindical que participa nas negociações, mas apenas em representação dos trabalhadores sindicalizados.

Poderá haver um período experimental?

Não, a prestação de 1 dia de trabalho à experiência não é habitual.

Qual a duração normal dos estágios?

No início do contrato, os empregadores poderão exigir um período de estágio, que não será, em regra, superior a 6 meses.

O empregador reembolsar-me-á das despesas efetuadas para comparecer à entrevista?

Muitas empresas reembolsam, efetivamente, as despesas de viagem efetuadas pelos candidatos para comparecerem às entrevistas, mas essa questão deve ser previamente confirmada com o empregador.

Quando me comunicarão os resultados?

Se for selecionado, o candidato receberá uma notificação por escrito, provavelmente antecedida de um telefonema. Se tiver sido excluído, receberá uma comunicação por via postal ou por correio eletrónico.

Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

Caso tenha sido excluído, pode telefonar ao empregador para tentar saber os motivos da sua exclusão ou as diferenças entre as suas qualificações e as da pessoa selecionada. Ficará, assim, com uma ideia da sua posição relativa a nível profissional.

Com que antecedência devo chegar à entrevista?

O candidato tem de ser pontual. Se não puder comparecer à hora marcada, peça uma nova marcação logo que possível.

data da ultima modificação: 2014-11-21 15:24:49

© União Europeia

Study in Switzerland
MBA_Master_220.jpg

Study in Poland
WSPA_220_online.png
Privacy Policy