Trabalho na Europa

País

Finlândia - trabalho

País: Finlândia
Línguas oficiais: finlandês e sueco
Forma de governo: república presidencial
População: 5,4 milhões
Capital: Helsínquia
Moeda: euro (EUR)
Membro da UE ou do EEE: UE
Código telefónico: +358
Código Internet: .fi (Finlândia continental)/.ax (ilhas Aland)

Por que neste país?

A Finlândia figura com notável regularidade entre os países com melhor desempenho a nível mundial no que respeita à qualidade de vida, aos níveis de educação e à competitividade económica. A sauna é o passatempo nacional mais popular, mas os finlandeses também gostam muito de organizar campeonatos mundiais extravagantes, como por exemplo de transporte de esposas ao colo, guitarra aérea (air guitar) e caça aos mosquitos. Os seus habitantes podem facilmente deixar o ambiente urbano e contactar com a natureza, tanto nas florestas como nos lagos ou numa das 180 000 ilhas do país.

Apesar de a Finlândia ser recordista em matéria de competitividade, a recente incerteza económica travou o recrutamento de novos trabalhadores. No entanto, continua a haver procura de pessoal qualificado no setor dos serviços, incluindo enfermeiros, médicos, psicólogos e dentistas, professores do ensino pré-escolar e especial, assistentes sociais, contabilistas, vendedores e operadores de telemarketing, bem como de pessoal da limpeza.

Procurar trabalho

Os anúncios de emprego são colocados no sítio web dos serviços públicos de emprego, em sítios web especializados (jobsites) privados e nos jornais. O portal EURES contém ligações a todos eles.

Dicas para a apresentação das candidaturas

Preencha cuidadosamente a candidatura, pois se não estiver completa pode não ser considerada. É provável que o empregador receba centenas de candidaturas, por isso procure sobressair positivamente em relação aos restantes candidatos.

A carta de apresentação não deve exceder uma página. Exponha, de forma sucinta, a razão por que entende ser o melhor candidato. Indique o nome e os contactos de uma ou duas pessoas que possam dar referências a seu respeito; o empregador pode querer contactá-las (possivelmente ainda antes da entrevista) para saber que tipo de empregado é. Não se esqueça de assinar a carta.

O CV não deve exceder duas folhas A4.

Antes de apresentar uma candidatura espontânea, dê uma vista de olhos ao sítio web da empresa para se informar sobre o tipo de oportunidades de carreira que pode esperar e a forma como esse empregador costuma contratar os novos empregados. Se existir um formulário eletrónico para candidaturas espontâneas, utilize-o, caso contrário, pode contactar o empregador por correio eletrónico ou telefone. Se fizer o primeiro contacto por correio eletrónico, telefone para a empresa cerca de 1 semana depois e pergunte se as pessoas responsáveis pelo recrutamento receberam a sua candidatura e se tiveram tempo de a apreciar.

Nas pequenas empresas, em particular, pode não haver pessoal suficiente para a publicação de anúncios de emprego, tratamento das candidaturas, organização das entrevistas, etc. Por isso, vale a pena contactar o empregador diretamente e apresentar uma candidatura espontânea.

É habitual incluir uma fotografia no CV?

Não, mas em alguns casos é possível.

Há preferência por candidaturas manuscritas?

Não, as candidaturas manuscritas nunca são utilizadas.

O CV modelo Europass é amplamente utilizado e aceite?

Raramente é utilizado em candidaturas nacionais, mas pode ser usado nas internacionais.

Contactos telefónicos

Alguns empregadores esperam que os candidatos os contactem por telefone ou correio eletrónico, antes de enviarem a candidatura, para solicitarem mais informações, e consideram que esse contacto é uma manifestação de interesse. Porém, outros empregadores não têm tempo para responder a chamadas telefónicas ou a mensagens de correio eletrónico e esperam que os candidatos não os contactem.

Se telefonar, prepare-se antecipadamente. Reflita bem sobre as razões por que se está a candidatar à vaga em causa e por que deve ser escolhido. Fale com clareza e tente manter-se descontraído.

Tenho de enviar diplomas juntamente com a minha candidatura?

As cópias dos diplomas só devem ser incluídas na candidatura quando o anúncio de emprego o solicitar. Leve os originais dos diplomas para a entrevista, pois o empregador pode querer examiná-los.

Devo apresentar referências, cartas de recomendação ou o certificado de registo criminal?

O candidato deve indicar, na candidatura ou no CV, os nomes de duas pessoas que possam dar referências e que o empregador possa contactar, certificando-se previamente de que essas pessoas estão dispostas a recomendá-lo, pois geralmente são pedidas referências. Alguns empregadores pedem aos candidatos que incluam na candidatura cópias de cartas de recomendação. Leve-as para a entrevista, pois muitos empregadores estão interessados em analisá-las com atenção.

Em princípio, a exigência de prova de que o candidato não tem cadastro criminal é referida no anúncio de emprego, mas só os candidatos selecionados necessitarão de a apresentar.

Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

Esse período varia, embora normalmente seja mais longo no caso dos recrutamentos internacionais.

Preparação para a entrevista

Uma das primeiras perguntas que o empregador faz ao candidato diz respeito à sua motivação: as razões por que se está a candidatar àquela vaga e por que deve ser selecionado. Prepare-se para expor essa motivação de forma clara e faça uma lista dos seus principais pontos fortes a nível profissional e pessoal.

Para causar boa impressão, o candidato deve consultar, antes da entrevista, o sítio web da empresa para conhecer os principais dados a ela referentes.

Dicas sobre o que deve vestir

Vista-se com elegância e de forma adequada. Em regra, um estilo informal elegante é suficiente. No entanto, no mundo dos negócios, os homens tendem a usar fato. Use adornos simples para causar uma impressão agradável e bem cuidada.

Quem estará presente?

É normal estarem presentes na entrevista pelo menos duas pessoas da empresa.

Cumprimentamo-nos com um aperto de mão?

Sim, cumprimente todos os presentes com um aperto de mão.

A entrevista obedece a um esquema rígido?

O empregador entrevista, normalmente, entre 3 a 10 candidatos, podendo tomar a sua decisão após uma só entrevista, ou realizar mais entrevistas ou testes de aptidão.

Após as saudações iniciais, o empregador faz uma apresentação do lugar em causa e da empresa. O candidato deve apresentarse de forma clara e olhar diretamente para todos os presentes. Antes das perguntas, o empregador espera que ele fale um pouco de si próprio: porque se candidatou a esse trabalho e porque crê que deve ser escolhido. No final da reunião, o candidato tem a oportunidade de fazer as perguntas para as quais ainda não tenha obtido resposta.

As entrevistas decorrem, normalmente, num ambiente descontraído. No entanto, não se surpreenda com eventuais silêncios, pois os entrevistadores podem estar a tomar notas.

Durante a entrevista, mantenha-se calmo e fale claramente. Destaque as metas alcançadas, mas procure não mostrar excesso de confiança. É importante mostrar interesse no lugar oferecido, sendo ativo, ouvindo com atenção e pedindo esclarecimentos quando não compreende o que o empregador quer dizer. Contudo, não interrompa o entrevistador. Acima de tudo, seja honesto e não critique antigos empregadores.

Se lhe solicitarem que faça um teste psicológico ou de aptidão, considere o pedido como um bom sinal, pois significa que está entre os melhores candidatos. Não é possível preparar-se verdadeiramente para os testes, por isso o melhor é procurar dormir bem na noite anterior e ser honesto, não tentando passar por aquilo que não é.

Para o empregador, é importante informar- se acerca das competências e capacidades profissionais do candidato, mas ele também pretende conhecer a sua personalidade, os seus pontos fortes e os seus pontos fracos, e a forma como o seu antigo empregador o descreveria. Muito provavelmente o candidato terá de descrever também de que forma reage à pressão e aos prazos ou como enfrenta situações difíceis.

Quando é que uma pergunta ultrapassa os limites?

A Lei sobre não discriminação proíbe a discriminação em função da idade, origem étnica ou nacional, nacionalidade, língua, convicções religiosas, filiação política, estado de saúde, deficiência, orientação sexual ou outras características pessoais. O candidato não tem necessariamente de responder a perguntas relacionadas com as suas convicções religiosas ou políticas, doenças, gravidez, planeamento familiar ou atividade sindical. Os empregadores podem fazer-lhe perguntas muito precisas em matéria de saúde, quando a boa condição física for fundamental para o desempenho das tarefas associadas ao lugar oferecido.

Negociação do salário e outras contrapartidas

Na Finlândia, os contratos baseiam-se em contratos coletivos de trabalho. Quase todos os setores têm um contrato coletivo próprio. Porém, às vezes é possível negociar o salário. Neste caso, esse facto é mencionado no anúncio de emprego e geralmente solicita-se aos candidatos que indiquem as suas expectativas na candidatura.

Habitualmente, o salário é expresso em valores à hora ou ao mês. O subsídio de férias é obrigatório por lei. Em alguns setores ou empresas (sobretudo em cargos executivos), é possível negociar os prémios anuais, que estarão provavelmente associados ao desempenho.

Na Finlândia, as regalias suplementares são muito comuns e incluem senhas de refeição, senhas de desconto para a prática de desportos e para atividades culturais, e cuidados de saúde ocupacional. Em algumas empresas, também é bastante comum fornecer uma viatura com contrato de locação financeira. Algumas das regalias são negociáveis. Pergunte ao seu novo superior; este pode indicar-lhe a pessoa certa com quem negociar essas regalias complementares.

Poderá haver um período experimental?

É comum haver um período experimental, mas não em todos os cargos.

Qual a duração normal dos estágios?

Por norma, o período de estágio não dura mais de 4 meses.

O empregador reembolsar-me-á das despesas efetuadas para comparecer à entrevista?

Provavelmente não, mas em relação a alguns lugares poderá ser negociável.

Quando me comunicarão os resultados?

Geralmente, no final da entrevista, o empregador diz ao candidato quando poderá obter os resultados e/ou o seguimento.

Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

Se não for chamado para uma entrevista, pode contactar a entidade empregadora cerca de 2 semanas depois de terminado o prazo para apresentação de candidaturas.

A seguir a uma entrevista, se o empregador não o contactar passadas 1 ou 2 semanas pode pedir os resultados através do telefone ou por correio eletrónico. Caso não seja selecionado, pode ligar ao empregador e pedir-lhe uma opinião sobre a sua entrevista e a sua candidatura.

Com que antecedência devo chegar à entrevista?

Na Finlândia, a pontualidade é a regra, tanto para o candidato como para o empregador.

data da ultima modificação: 2014-11-24 09:48:23

© União Europeia

Study in Switzerland
BBA-Bachelor-220_1.jpg

Study in Poland
Privacy Policy