Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

País
Achado: 32
PaísObtenção de resposta e seguimento da candidatura
Alemanha - trabalho
No final da entrevista, o empregador deverá explicar-lhe as fases seguintes do processo de seleção e indicar os respetivos prazos. Se os prazos anunciados terminarem sem que nada lhe tenha sido comunicado, poderá contactar a empresa para saber o que se passa.
Áustria - trabalho
Caso tenha sido excluído, o candidato poderá solicitar informações adicionais e, se entender que houve incumprimento da lei relativa à igualdade de oportunidades, pedir a intervenção das autoridades.
Bélgica - trabalho
Se o empregador prometer uma resposta no prazo de 1 semana, não lhe telefone antes de este terminar. Se não lha tiver dado ao fim de 2 semanas, poderá pedi-la por telefone.
Bulgaria - trabalho
No final da entrevista, agradeça ao empregador o tempo que lhe foi dispensado, ou escreva-lhe uma carta de agradecimento posteriormente. Algum tempo depois, se nada tiver sido acordado em contrário, o candidato pode contactar o empregador para saber o resultado da entrevista.
Chipre - trabalho
Não é habitual dar uma resposta a todos os candidatos, mas se estes pedirem informações por escrito, estas são normalmente dadas em tempo útil.
Croácia - trabalho
Depois da entrevista, pode telefonar ao entrevistador e pedir uma resposta.
Dinamarca - trabalho
É muito provável que haja novos telefonemas ou reuniões de avaliação com o objetivo de apurar as áreas em que o candidato poderá evoluir.
Eslováquia - trabalho
Não é comum os candidatos pedirem que lhes comuniquem os resultados da entrevista. Os resultados do processo de recrutamento são anunciados aos candidatos selecionados através de uma mensagem de correio eletrónico ou de uma chamada telefónica.
Eslovénia - trabalho
Se o empregador tiver dito que tomaria uma decisão no prazo de uma semana, o candidato pode ligar-lhe após 1 semana, mas não antes. Não é habitual telefonar a pedir esclarecimentos depois de a decisão estar tomada.
Espanha - trabalho
Se não receber notícias pouco tempo após a entrevista, pode presumir que não foi selecionado. É pouco habitual que o informem se tiver sido excluído.
Estónia - trabalho
O empregador pode preferir que seja o candidato a contactá-lo no seguimento da entrevista. Pergunte-lhe, no final desta, para quando deve esperar uma resposta. Se nada lhe for comunicado no decurso do prazo previsto, poderá telefonar ao empregador para tentar saber o resultado. Após a entrevista, poderá enviar uma mensagem de correio eletrónico ao empregador a agradecer, o que deixará transparecer interesse da sua parte e levará o empregador a lembrar-se de si.
Finlândia - trabalho
Se não for chamado para uma entrevista, pode contactar a entidade empregadora cerca de 2 semanas depois de terminado o prazo para apresentação de candidaturas.

A seguir a uma entrevista, se o empregador não o contactar passadas 1 ou 2 semanas pode pedir os resultados através do telefone ou por correio eletrónico. Caso não seja selecionado, pode ligar ao empregador e pedir-lhe uma opinião sobre a sua entrevista e a sua candidatura.
França - trabalho
Não é habitual os candidatos perguntarem os motivos por que não foram selecionados para um lugar, mas podem fazê-lo, desde que o façam com tato. A resposta poderá ser-lhes útil para entrevistas posteriores.
Grécia - trabalho
Geralmente, o empregador toma a iniciativa no que respeita aos procedimentos posteriores à entrevista. Não é comum os candidatos pedirem uma resposta.
Hungria - trabalho
Não é habitual solicitar uma resposta, o candidato ou consegue o emprego ou é excluído.
Irlanda - trabalho
Se lhes for pedido, os empregadores também darão resposta aos candidatos que não forem selecionados.
Islândia - trabalho
É conveniente tomar a iniciativa de contactar o empregador a pedir uma resposta. Dará, assim, provas de estar interessado e de ser capaz de defender os seus direitos, quando é necessário.
Itália - trabalho
Se quiser saber o resultado da entrevista ou pedir esclarecimentos adicionais, poderá utilizar o telefone ou o correio eletrónico.
Letónia - trabalho
O candidato pode perguntar, após a entrevista, quando receberá uma resposta. Se não o contactarem dentro do prazo combinado, pode telefonar a inquirir sobre os resultados.
Listenstaine - trabalho
Depois da entrevista, pode telefonar a pedir uma resposta.
Lituânia - trabalho
O candidato poderá contactar o empregador alguns dias mais tarde para saber o resultado da avaliação.
Luxemburgo - trabalho
É aceitável telefonar ao empregador para solicitar uma avaliação do seu desempenho na entrevista.
Malta - trabalho
Poderá haver uma reunião de avaliação ou um telefonema com o mesmo objetivo.
Noruega - trabalho
Caso tenha sido excluído, pode telefonar ao empregador para tentar saber os motivos da sua exclusão ou as diferenças entre as suas qualificações e as da pessoa selecionada. Ficará, assim, com uma ideia da sua posição relativa a nível profissional.
Países Baixos - trabalho
Se for excluído, é normal contactar o entrevistador para avaliar a sua candidatura. Tente saber o que fez bem e o que correu mal, para aprender com a experiência e poder preparar-se melhor para outras entrevistas.
Polónia - trabalho
Se lhe tiverem dito que o contactariam num determinado prazo após a entrevista e este já tiver terminado, telefone e pergunte qual foi o resultado da entrevista. Não há mal nenhum em perguntar. Pelo contrário: prova que está interessado no emprego.

Se tiver sido excluído, pergunte Por quê. Tente perceber o que os levou a tomar essa decisão. Isso poderá ser-lhe útil no futuro.
Portugal - trabalho
Não é comum pedir uma resposta após a entrevista.
Reino Unido - trabalho
Se não passar na entrevista, é possível que, ao ser notificado por escrito, receba informações sobre o seu desempenho na reunião. Caso contrário, pode telefonar ou escrever ao empregador para pedir essas informações.
República Checa - trabalho
Os candidatos excluídos podem telefonar a inquirir as razões por que não foram selecionados, mas não é uma prática comum.
Roménia - trabalho
Se não receber qualquer resposta pouco depois da entrevista, pode partir do princípio de que não foi selecionado. Em regra, os empregadores não comunicam os resultados aos candidatos excluídos. No entanto, é aceitável telefonar-lhes a pedir uma resposta.
Suécia - trabalho
É sempre possível contactar o empregador após a entrevista e perguntar qual será a etapa seguinte no processo de candidatura. Se não for selecionado, pode inquirir os motivos dessa decisão.
Suíça - trabalho
O empregador não está à espera que o candidato faça o seguimento da entrevista ou dos resultados dos testes, mas este último pode dizer que gostaria de ter uma resposta e observar a reação
RSS desta lista

© União Europeia

Study in Poland
Privacy Policy