Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

País
Achado: 32
PaísPeríodo habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções
Alemanha - trabalho
Para os lugares sem grandes exigências de formação ou especialização, pode ir até um mês e no caso das funções muito qualificadas, até 3 meses.
Áustria - trabalho
As vagas são, na sua maioria, preenchidas no prazo de 1 a 3 meses, no máximo. Contudo, no caso dos lugares especializados (cargos de direção ou funções que requeiram muita experiência), os candidatos serão entrevistados várias vezes e possivelmente submetidos a procedimentos de avaliação. Alguns anúncios de emprego referem que o contrato terá início daí a 6 meses.
Bélgica - trabalho
Seis semanas, mas em certos casos (quando, por exemplo, há escassez de candidatos) pode ser bastante inferior.
Bulgaria - trabalho
Esse período depende das necessidades do empregador, mas é raro demorar meses
Chipre - trabalho
Havendo acordo entre as duas partes, o início da prestação do trabalho ocorre no princípio do mês ou semana seguinte, consoante a periodicidade da remuneração seja mensal ou, como acontece nas profissões não especializadas, semanal.
Croácia - trabalho
Esse período pode variar entre alguns dias e vários meses, consoante o lugar em causa. Os processos de seleção para lugares muito qualificados ou empregos em instituições públicas podem ser algo demorados. As vagas que exigem poucas qualificações ou em pequenas empresas podem ser preenchidas rapidamente.
Dinamarca - trabalho
Pode variar, mas é de 1 a 2 meses, aproximadamente.
Eslováquia - trabalho
Entre 2 semanas e um mês ou mais.
Eslovénia - trabalho
Esse período pode variar entre 2 semanas e um mês ou mais.
Espanha - trabalho
Esse período pode variar.
Estónia - trabalho
Esse período será, normalmente, de um mês.
Finlândia - trabalho
Esse período varia, embora normalmente seja mais longo no caso dos recrutamentos internacionais.
França - trabalho
Esse período ronda as 3 semanas, em média, mas pode variar entre 24 horas e vários meses.
Grécia - trabalho
Normalmente, esse período não é superior a 1 mês.
Hungria - trabalho
Normalmente, o empregador tomará uma decisão algumas semanas após o termo do prazo da candidatura, embora esse período dependa do lugar em causa e do número de candidatos. Às vezes, decorrem vários meses entre a apresentação da candidatura e o início da prestação do trabalho.
Irlanda - trabalho
Normalmente, é de 6 semanas, embora haja vagas que são anunciadas num dia e preenchidas no dia seguinte.
Islândia - trabalho
No caso dos lugares que exigem poucas qualificações, os candidatos começam, geralmente, a trabalhar no prazo de alguns dias ou de um mês, no máximo. Para os lugares muito especializados e qualifica-dos existe maior margem para negociação, sendo vulgar que esse período varie entre um e três meses.
Itália - trabalho
O início da atividade faz-se o mais rapidamente possível, assim que o trabalhador recémrecrutado estiver disponível.
Letónia - trabalho
Em regra, demorará cerca de um mês.
Listenstaine - trabalho
Esse período será de 1 a 3 meses.
Lituânia - trabalho
Normalmente, esse período é de 1 a 3 meses.
Luxemburgo - trabalho
Tudo depende do tipo de lugar e da disponibilidade do candidato selecionado.
Malta - trabalho
Esse período depende da empresa, do processo de seleção e da disponibilidade do candidato.
Noruega - trabalho
Pode variar. Alguns anúncios têm a indicação de que o trabalho se iniciará «logo que possível», outros referem um prazo de 3 meses.
Países Baixos - trabalho
Esse período pode ser de 1 dia a vários meses.
Polónia - trabalho
Normalmente, é de um mês ou dois.
Portugal - trabalho
Os anúncios de emprego podem declarar que o trabalho terá início «o mais brevemente possível», mas um processo de seleção demora, em média, 2 a 3 meses. Os empregos pouco qualificados ou vagas temporárias podem ser preenchidos em menos de uma semana.
Reino Unido - trabalho
Pode contar com um período de 4 a 6 semanas.
República Checa - trabalho
Varia de caso para caso. A data exata do início do contrato pode constar do anúncio ou ser combinada entre o empregador e o candidato.
Roménia - trabalho
Geralmente, esse período varia entre duas e quatro semanas. Por vezes, o empregador quer entrevistar mais candidatos ou solicita documentos adicionais referentes à experiência profissional anterior do candidato ou aos seus estudos.
Suécia - trabalho
Esse período pode ser de 1 ou de várias semanas, embora nalguns setores, como o dos serviços e o da hotelaria e restauração, o processo seja muito menos demorado.
Suíça - trabalho
Esse período pode ser de apenas 1 semana (empregos em hotéis e restaurantes) ou várias (cargos de direção na administração pública ou numa multinacional).
RSS desta lista

© União Europeia

Study in Poland
Privacy Policy