França - trabalho

País: França
Línguas oficiais: francês
Forma de governo: república presidencial
População: 65,6 milhões
Capital: Paris
Moeda: euro (EUR)
Membro da UE ou do EEE: UE
Código telefónico: +33
Código Internet: .fr

Por que neste país?

A França é um importante polo turístico, que atrai 80 milhões de visitantes por ano. O turismo gerou mais de 7% do PIB em 2010 e constitui uma importante fonte de emprego.

A economia francesa é uma economia social de mercado baseada na propriedade privada. Trata-se de uma economia principalmente baseada nos serviços - três quartos dos franceses trabalham no setor dos serviços - embora as empresas industriais continuem a representar uma percentagem relativamente elevada do produto interno bruto (PIB) e das exportações, e empreguem 14% da população ativa. Em 2011, a França teve mais investimento estrangeiro na indústria do que qualquer outro país da Europa, sobretudo na indústria química, metalúrgica e agroalimentar. O investimento estrangeiro na investigação e desenvolvimento aumentou 12% por ano, em média, entre 2007-2011.

Procurar trabalho

A maneira mais comum de procurar tra­balho em França é enviar uma carta de apresentação e o CV a um empregador. Há muitas ofertas de emprego disponí­veis através do serviço público de emprego francês, Pôle emploi (http://www.pole-em-ploi.fr), ou das agências de trabalho tempo­rário, que também recrutam pessoas para contratos de médio e longo prazo. O sítio web do Pôle emploi publica anúncios rela­tivos a cerca de 150 000 postos de traba­lho por dia. Os candidatos podem enviar as candidaturas por correio eletrónico ou pelos correios.

A maior parte dos processos de recruta­mento envolvem, pelo menos, uma entre­vista com o empregador.

Dicas para a apresentação das candidaturas

O curriculum vitae deve ser composto por uma página, no caso dos jovens licenciados, ou por duas páginas, no máximo, quando se trata de perfis com mais experiência. Um CV com duas páginas divide-se, geral­mente, em seis secções.

Dados pessoais: nome, endereço, número de telefone (com o indicativo interna­cional), correio eletrónico. O estado civil, a idade e a nacionalidade (se for cida­dão do Espaço Económico Europeu) são opcionais.

Título: indique a função geral pretendida, acrescentando, eventualmente, os seus pontos fortes, por exemplo, «Assistente

comercial trilingue: inglês, francês

e espanhol».

Experiência profissional: empregos ante­riores, incluindo datas, funções, nome da empresa, setor e localização, com uma descrição pormenorizada das responsabilidades, tarefas e resultados obtidos.

Formação: indique as datas dos graus académicos e as suas equivalências no sistema de ensino francês.

Conhecimentos linguísticos e informáti­cos: indique a sua língua materna e espe­cifique a que nível domina o francês, lido, escrito e falado.

Outras informações, muitas vezes desig­nada por «Interesses». Se já viveu em França, mencione esse facto.

A sua carta de apresentação não deve ter mais de uma página datilografada (geral­mente, é enviada por correio eletrónico). Demonstre o seu interesse pela empresa e sublinhe de que forma preenche as necessi­dades do lugar a que se candidata.

É habitual incluir uma fotografia no CV?

É frequente incluir uma fotografia no CV, sobretudo para lugares que envolvam contacto com os clientes.

Há preferência por candidaturas manuscritas?

Salvo especificação em contrário, envie uma carta de apresentação datilografada. Se o empregador recorrer à análise grafológica no processo de seleção, o anúncio de emprego solicitará uma carta de apresentação manuscrita. Contudo, a lei já não permite que os candidatos sejam preliminarmente selecionados unicamente com base na grafologia.

O CV modelo Europass é amplamente utilizado e aceite?

Embora o CV modelo Europass não seja muito utilizado, a sua utilização está a aumentar, sobretudo nas grandes empresas. Os empregadores dão particular importância à secção relativa às competências linguísticas.

Contactos telefónicos

Não é habitual contactar o empregador por telefone antes da entrevista. Contudo, se o quiser fazer, é recomendável que fale em francês. Se não souber o nome do responsável pelo processo de recrutamento, informe-se do mesmo antes de enviar a candidatura. Caso se candidate através de uma agência de recrutamento, convém informar-se, pelo menos, acerca da área de atividade e dimensão da empresa.

Tenho de enviar diplomas juntamente com a minha candidatura?

Não é necessário enviar diplomas juntamente com a candidatura, mas leve os consigo para a entrevista. Uma cópia dos seus diplomas com uma tradução autenticada poderá ser útil, sobretudo se a sua educação tiver sido muito diferente do sistema educativo francês.

Devo apresentar referências, cartas de recomendação ou o certificado de registo criminal?

As cartas de recomendação não são essenciais. Contudo, é importante que o candidato descreva pormenorizadamente a sua experiência profissional para mostrar as suas competências. Alguns empregadores podem querer contactar por telefone ou correio eletrónico um ou mais empregadores mencionados no CV. Em relação a alguns empregos no setor da segurança e na administração pública, os candidatos poderão ser obrigados a provar que não têm cadastro.

Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

Esse período ronda as 3 semanas, em média, mas pode variar entre 24 horas e vários meses.

Preparação para a entrevista

O empregador prestará especial atenção à pontualidade do candidato e à sua atitude em geral, incluindo a indumentária. A entre-vista pode durar meio dia, incluindo a realização de testes práticos. Informe-se bem sobre a empresa de modo a demonstrar a sua motivação para o lugar que pretende ocupar.

Dicas sobre o que deve vestir

Deve vestirse de modo adequado ao lugar a que se candidata.

Quem estará presente?

A primeira entrevista é, em regra, conduzida por um representante do departamento de recursos humanos. Nas pequenas empresas ou no setor artesanal, o candidato reúne, por norma, com o diretor.

Cumprimentamo-nos com um aperto de mão?

Sim, cumprimente a pessoa que o entrevistar com um aperto de mão, antes e depois da reunião. Os franceses dão muito valor ao protocolo e apreciam a cortesia e as boas maneiras.

A entrevista obedece a um esquema rígido?

Geralmente, o empregador apresenta a empresa e, em seguida, o candidato tem demonstrar as razões por que o lugar deverá ser lhe preferencialmente atribuído. É conveniente realçar as suas competências e provar que estas correspondem às que o empregador procura para suprir as necessidades da empresa.

Quando é que uma pergunta ultrapassa os limites?

Em França existe legislação muito severa contra a discriminação. O candidato pode recusar-se a responder a qualquer pergunta que lhe pareça inadequada e/ou irrelevante para a sua candidatura ao lugar em causa.

Negociação do salário e outras contrapartidas

Em regra, as informações relativas aos salários são publicadas no anúncio de emprego, sendo a remuneração expressa em valores líquidos mensais ou anuais. Contudo, ela poderá ser negociada no final do processo de recrutamento. O anúncio também pode referir que o salário é negociável e, nesse caso, o candidato terá de demonstrar que merece ganhar mais do que salário de base proposto. O contrato de trabalho deve ser assinado antes de o candidato selecionado assumir funções ou, o mais tardar, no dia em que começar a trabalhar.

Poderá haver um período experimental?

É frequente aplicarem-se testes no âmbito do processo de recrutamento, mas os períodos de trabalho à experiência não são muito utilizados. Se lhe pedirem que complete um período experimental antes de assinar o contrato, ele deverá ser muito curto e não pode servir para executar trabalhos para o empregador.

Qual a duração normal dos estágios?

O período de estágio varia entre 1 dia e vários meses, consoante as qualificações e o tipo de contrato de trabalho. No caso dos contratos de 1 mês, dura, geralmente, uma semana. Este período pode ser renovado uma vez.

O empregador reembolsar-me-á das despesas efetuadas para comparecer à entrevista?

As despesas de deslocação para comparecer às entrevistas podem ser suportadas pelo serviço público de emprego, se o candidato nele estiver inscrito e solicitar a concessão desse apoio antes de ir à entrevista.

Quando me comunicarão os resultados?

Terá de esperar 2 a 4 semanas para saber os resultados: quanto mais elevado for o nível de qualificações, mais longo será o processo de recrutamento. Ao fim de 4 semanas, é aconselhável telefonar aos empregadores

Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

Não é habitual os candidatos perguntarem os motivos por que não foram selecionados para um lugar, mas podem fazê-lo, desde que o façam com tato. A resposta poderá ser-lhes útil para entrevistas posteriores.

Com que antecedência devo chegar à entrevista?

Apesar de os franceses não serem muito pontuais, sobretudo em cidades grandes como Paris, é recomendável que o candidato chegue com 15 minutos de antecedência.

data da ultima modificação: 2014-11-21 21:26:10

© União Europeia

Study in Poland
Privacy Policy