Trabalho na Europa

País

Lituânia - trabalho

País: Lituânia
Línguas oficiais: lituano
Forma de governo: república presidencial
População: 3 milhões
Capital: Vilnius
Moeda: litas lituana (LTL)
Membro da UE ou do EEE: UE
Código telefónico: +370
Código Internet: .lt

Por que neste país?

Suavizada pelos glaciares da última idade do gelo, a acidentada paisagem rural da Lituânia está salpicada de lagos, zonas húmidas e florestas, com amplos espaços onde é possível passear e apanhar frutos e cogumelos selvagens. Com um território maior do que o da Bélgica ou dos Países Baixos, tem menos de um terço da população desses países.

Antes da crise financeira de 2008, a economia da Lituânia era uma das que estavam a crescer mais rapidamente na Europa Oriental. O país tem-se esforçado por desenvolver uma economia baseada no conhecimento, com destaque para a biotecnologia. O mercado de trabalho recuperou, após os difíceis anos de 2009-2010, e revela uma forte procura de pessoal para as seguintes funções: gestores de vendas, médicos, agentes de seguros, condutores de camiões a nível internacional, alfaiates, vendedores, operários da construção polivalentes, empregados de mesa e de bar e operadores de máquinas na indústria metalúrgica e metalomecânica.

Procurar trabalho

O maior jornal do país, Lietuvos rytas, anuncia as ofertas de emprego diariamente. Estas também são publicitadas nos jornais Alio reklama e Noriu, sendo que os três jornais também publicam os anúncios de emprego nos respetivos sítios web. A bolsa de emprego lituana também apresenta uma panorâmica de todas as ofertas de emprego registadas, que constam igualmente de muitos outros sítios web de emprego. Visite a página Ligações do portal EURES para obter estes e outros endereços web úteis.

As agências de recrutamento também são vulgarmente utilizadas e é frequente os departamentos de recursos humanos das grandes empresas coligirem bases de dados de potenciais trabalhadores, pelo que os candidatos lhes podem enviar diretamente os seus CV.

Dicas para a apresentação das candidaturas

Geralmente, os empregadores lituanos querem examinar um CV apresentado por escrito antes de chamarem o candidato para uma entrevista. Atualmente, a utilização do Europass-CV já é bastante frequente.

Se apresentar uma candidatura espontânea, escolha as empresas de maior dimensão e envie o CV acompanhado por uma carta de apresentação. O seu CV, datilografado, não deve exceder duas páginas. Refira apenas as informações mais importantes, mencionando as atividades mais recentes em primeiro lugar. Pode juntar cópias do seu passaporte ou bilhete de identidade e dos seus diplomas ou certificados de qualificações. O CV e a carta de apresentação devem estar redigidos em lituano ou, no caso das empresas internacionais, em inglês.

É habitual incluir uma fotografia no CV?

Não, se exigirem uma fotografia, essa exigência constará do anúncio de emprego.

Há preferência por candidaturas manuscritas?

Não, as cartas de apresentação datilografadas são mais comuns.

O CV modelo Europass é amplamente utilizado e aceite?

O modelo nacional e o modelo Europass são igualmente utilizados, não havendo preferência por um ou por outro.

Contactos telefónicos

Não é frequente o primeiro contacto com um candidato a emprego ser feito através de um telefonema. Os empregadores preferem as entrevistas frente-a-frente.

Tenho de enviar diplomas juntamente com a minha candidatura?

Sim, envie cópias com a candidatura e leve os originais para a entrevista.

Devo apresentar referências, cartas de recomendação ou o certificado de registo criminal?

É possível que sejam pedidas referências a antigos empregadores. O candidato deve levar para a entrevista os originais, e não cópias, dos diplomas. As cartas de recomendação são pouco usadas na Lituânia, mas leve-as consigo, se as tiver (caso estejam redigidas numa língua estrangeira, será necessário traduzi-las).

Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

Normalmente, esse período é de 1 a 3 meses.

Preparação para a entrevista

Em geral, realiza-se apenas uma ronda de entrevistas. A maior parte das vezes, estas assumem a forma de uma conversa aprofundada entre o responsável pela contratação e o candidato.

Dicas sobre o que deve vestir

O estilo de vestuário mais apropriado depende do lugar em causa. É sempre conveniente o uso de um fato de duas peças ou vestido. Os adornos e a maquilhagem devem ser discretos.

Quem estará presente?

Nas empresas de maior dimensão, se estiver em causa um cargo importante e houver muitos candidatos, é provável que se realizem entrevistas preliminares conduzidas pelo responsável pelo pessoal. É frequente a segunda entrevista ser conduzida por um superior hierárquico do ocupante do lugar temporariamente vago, porque saberá exatamente que perguntas específicas devem ser feitas sobre o trabalho e por ser a pessoa com quem o candidato virá a trabalhar diretamente. O recurso a centros de seleção (centros de avaliação) não é muito comum na Lituânia, mas alguns empregadores contratam os serviços de empresas de recrutamento para a pré-seleção de pessoal.

Cumprimentamo-nos com um aperto de mão?

Sim, é habitual cumprimentar o entrevistador com um aperto de mão firme.

A entrevista obedece a um esquema rígido?

Não, mas esteja preparado para responder a perguntas como, por exemplo: "Que outras ocupações teve?"; "O que gostaria de nos dizer a seu respeito?” (o candidato terá, aqui, uma boa oportunidade para se apresentar, dar informações adicionais relevantes ao potencial empregador e suscitar o interesse deste)"; "Porque quer trabalhar para nós?"; "Porque deixou o seu emprego anterior?"; "Que ideia faz das responsabilidades que teria de assumir na nossa empresa?"; "O que tem para nos oferecer?"; "Quais são os seus pontos fortes e os seus pontos fracos, e quais os seus interesses fora do trabalho?" ou Quais são as suas ambições para o futuro?"

Mostre-se entusiasmado, para deixar transparecer que está realmente interessado no lugar. Dê provas de se ter preparado. Nas suas respostas, dê a entender que se informou sobre a empresa, mas não faça alarde disso. No final, faça perguntas.

Prepare a sua resposta à pergunta sobre o salário pretendido. Entre as respostas possíveis pode dar a seguinte: "Creio que não devo receber menos do que o trabalhador que me precedeu", ou «Dado o prestígio de que a vossa empresa goza, estou certo de que serei pago condignamente». É aconselhável que os candidatos procedam previa-mente a uma análise sumária dos níveis de remuneração praticados na área selecionada, a fim de se prepararem para as negociações sobre o seu salário.

Quando é que uma pergunta ultrapassa os limites?

Não é correto os empregadores pedirem informações sobre a idade, o estado civil, eventuais gravidezes, dependências ou crenças religiosas.

Negociação do salário e outras contrapartidas

Geralmente, os empregadores perguntam qual o salário pretendido, que, por norma, é expresso em valores mensais. Os salários são negociados com o empregador ou com o responsável pelo pessoal. O subsídio de férias fica estipulado no contrato e é regulado de forma estrita pela legislação laboral.

Poderá haver um período experimental?

Sim, os períodos experimentais são bastante comuns na Lituânia e constam do contrato.

Qual a duração normal dos estágios?

O período de estágio pode ser de 3 meses, no máximo.

O empregador reembolsar-me-á das despesas efetuadas para comparecer à entrevista?

Não, não é habitual os empregadores reem-bolsarem as despesas de viagem.

Quando me comunicarão os resultados?

Normalmente, os resultados ser-lhe-ão comunicados no prazo de 2 semanas.

Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

O candidato poderá contactar o empregador alguns dias mais tarde para saber o resultado da avaliação.

Com que antecedência devo chegar à entrevista?

Procure chegar 10 minutos antes da hora marcada para a entrevista. Os lituanos apreciam a pontualidade e o início calmo das reuniões.

data da ultima modificação: 2014-11-21 21:36:45

© União Europeia

Study in Poland
Privacy Policy