Trabalho na Europa

País

Malta - trabalho

País: Malta
Línguas oficiais: inglês e maltês
Forma de governo: república parlamentar
População: 421 000
Capital: La Valeta
Moeda: euro (EUR)
Membro da UE ou do EEE: UE
Código telefónico: +356
Código Internet: .mt

Por que neste país?

Malta, um dos Estados mais pequenos e mais densamente povoados do mundo, é constituída por um arquipélago com três ilhas habitadas e outras 18 não povoadas. Verdadeira Meca do turismo, o número de visitantes que atrai é três vezes superior ao das pessoas que nela residem. Apesar de densamente urbanizada, os governantes do país têm sabido, ao longo dos anos, preservar os muitos monumentos que testemunham os seus 7 000 anos de história: uma fascinante narrativa sobre a conquista do Mediterrâneo.

O mercado de trabalho é dominado pelo setor dos serviços e pelas atividades artesanais. Inquéritos recentemente realizados revelaram a existência de grande número de vagas para professores, pessoal administrativo, vendedores, empregados de mesa, trabalhadores de cuidados pessoais, trabalhadores da construção, enfermeiros, empregados da limpeza e informáticos.

Procurar trabalho

O serviço público de emprego de Malta, a Employment and Training Corporation, publicita as ofertas de emprego no seu sítio web e nos centros de emprego que possui por toda a ilha. Várias agências de recrutamento privadas também promovem as ofertas existentes através dos sítios web e em contactos "boca a boca". As vagas a nível local são publicitadas por organizações do setor público e do setor privado nos jornais locais. Na página Ligações do portal EURES encontrará todas as hiperligações que lhe poderão ser úteis.

Dicas para a apresentação das candidaturas

Geralmente, as candidaturas são enviadas por correio eletrónico ou por correio normal, consoante as informações constantes do anúncio. É indispensável anexar o seu CV pessoal, acompanhado de uma carta de apresentação, ambos redigidos em inglês, salvo indicação em contrário.

Não se esqueça de enviar os anexos e verifique se é possível aceder-lhes. Indique claramente o lugar a que se candidata. Não use ficheiros de animação nem um estilo gráfico demasiado fantasioso, sobretudo se estiver em causa um trabalho especializado e o design não for pertinente para o mesmo.

Numa candidatura espontânea, deverá indicar o lugar que lhe interessa, referir a sua disponibilidade e juntar os comprovativos das suas qualificações relevantes para o cargo.

"Nas Jornadas Europeias de Emprego realizadas em Bruxelas, os candidatos que visitaram os nossos stands eram, na sua maioria, licenciados em finanças, direito, marketing e comunicações, e turismo. Em Malta, temos falta de trabalhadores destas áreas e esse evento permitiu-nos pôr esses jovens em contacto com os empregadores locais que tinham vagas por preencher nesses setores." Jonathan Brimmer, conselheiro EURES, Malta

É habitual incluir uma fotografia no CV?

Não, em Malta não é habitual incluir uma fotografia nos CV.

Há preferência por candidaturas manuscritas?

Nem por isso. Se o empregador pretender que a candidatura seja manuscrita, menciona esse facto no anúncio.

O CV modelo Europass é amplamente utilizado e aceite?

Sim, o modelo Europass-CV é aceite.

Contactos telefónicos

Por norma, o empregador convoca os candidatos, por telefone, para uma primeira entrevista, que consiste num frente-a-frente.

Procure saber o nome da pessoa de contacto e, quando telefonar, refira correta-mente o nome da empresa. Mantenha um tom cortês ao longo de toda a conversa. Seja breve e cinja-se ao essencial, mas não deixe de colocar todas as questões importantes. Informe-se sobre a etapa seguinte do processo.

Tenho de enviar diplomas juntamente com a minha candidatura?

Normalmente, não são necessários documentos comprovativos das suas qualificações na fase de candidatura. No entanto, terá de apresentar os certificados originais se for chamado para uma entrevista. Leve fotocópias dos seus certificados, para o caso de o entrevistador as exigir. As qualificações obtidas em estabelecimentos de ensino não malteses, designadamente em universidades estrangeiras, devem ser reconhecidas. O reconhecimento pode ser requerido ao Malta Qualifications Recognition Information Centre (MQRIC), que faz parte da National Commission for Further and Higher Education (http://www.ncfhe.org.mt).

Devo apresentar referências, cartas de recomendação ou o certificado de registo criminal?

Normalmente são exigidas referências quando as ofertas dizem respeito a empregos nos setores financeiro, dos serviços e afins. Para o efeito, poderá ser indicado um antigo empregador ou um profissional reconhecido, ou mesmo o pároco local. As pessoas indicadas devem poder garantir que o candidato é digno de confiança e capaz de desempenhar satisfatoriamente o tipo de funções a que se candidatou. As cartas de recomendação só serão necessárias se o empregador as exigir.

Período habitual entre a publicação do anúncio de emprego e a entrada em funções

Esse período depende da empresa, do processo de seleção e da disponibilidade do candidato.

Preparação para a entrevista

O empregador pressupõe que o candidato está disponível e que se informou acerca da empresa, bem como-se for estrangeiro - que possui conhecimentos básicos sobre a cultura de Malta. A maioria das empresas maltesas exigem que os candidatos dominem a língua inglesa.

Dicas sobre o que deve vestir

Vista-se com elegância para todas as entrevistas. É aconselhável que os homens vistam um fato escuro com uma camisa branca ou de cor clara e uma gravata elegante. As senhoras devem usar um fato de duas peças, com uma camisa. Os adornos e a maquilhagem devem ser discretos. Os homens não devem usar brincos ou outros piercings. Se tiver uma tatuagem, deve estar coberta pela roupa, pois as tatuagens não são bem aceites pelos empregadores locais. É recomendável usar um perfume suave e fresco, principalmente no verão.

Quem estará presente?

Geralmente, o empregador está presente na entrevista, salvo se se tratar de uma empresa de grande dimensão, caso em que participarão o responsável pelos recursos humanos e o diretor do departamento.

Cumprimentamo-nos com um aperto de mão?

Sim, é a primeira coisa que deverá fazer quando se encontrar com os seus entrevistadores. Cumprimente-os com um aperto de mão e apresente-se dando o seu nome próprio e apelido. Mantenha uma atitude jovial. Não se sente antes de ser convidado a fazê-lo.

A entrevista obedece a um esquema rígido?

Normalmente, a entrevista é muito cordial e há a preocupação de fazer com que o candidato se sinta à vontade. Geralmente, as entrevistas são conduzidas por uma única pessoa. Se o lugar não for especializado, haverá apenas uma entrevista, mas se estiver em causa um trabalho especializado, que exija experiência, haverá seguramente uma seleção prévia dos candidatos, seguida de uma ou duas entrevistas com cada um dos selecionados. Nesse caso, poderá ser pedido ao entrevistado que faça uma apresentação.

Os candidatos devem cingir-se ao que está em discussão ou ao que lhes é perguntado, e não fantasiar sobre competências que não possuem. Também devem mostrar vontade de aprender. Tanto o contacto visual como a linguagem corporal são importantes.

O candidato poderá colocar perguntas, embora seja conveniente que faça apenas as indispensáveis e que elas sejam pertinentes. Poderá ser aconselhável solicitar uma descrição das funções ou um esclarecimento sobre as condições de trabalho. Se estiver prevista uma segunda entre¬vista, guarde para mais tarde a questão do salário.

Quanto mais souber sobre a empresa, melhor. Demonstrará, assim, que está interessado em conhecer a sua estrutura, a sua história e os seus planos futuros. O facto de manifestar entusiasmo poderá aumentar até a probabilidade de ser selecionado. A pergunta mais frequente a que o candidato deverá ser capaz de responder é sobre a atividade principal da empresa. Também convém saber se esta é ou não uma filial de outra, ou se exporta os seus produtos e, se for esse o caso, para que países.

O empregador pode fazer uma pergunta ardilosa sobre o salário que o candidato espera vir a auferir. Se tiver feito bem a sua pesquisa e possuir experiência suficiente, este saberá certamente como responder.

Quando é que uma pergunta ultrapassa os limites?

Os empregadores estão proibidos por lei de fazer perguntas que possam ser discriminatórias em razão do género, da orientação sexual, da confissão religiosa, da origem étnica ou do país de origem. Se lhe fizerem perguntas sobre a sua vida pessoal, pode escusar-se delicadamente a responder-lhes, dizendo ao entrevistador que a sua vida pessoal não tem nada a ver com o seu emprego e funções. O entrevistador pode perguntar-lhe quais são os seus interesses pessoais e as atividades que pratica nos tempos livres, ou pedir-lhe a sua opinião sobre várias questões, incluindo temas da atualidade.

Negociação do salário e outras contrapartidas

O salário, normalmente expresso num valor semanal ou mensal, poderá ser negociado, principalmente se o candidato possuir grande experiência nas funções a desempenhar. O subsídio de férias e os prémios anuais estão incluídos no valor da remuneração proposta.

O salário e as regalias complementares são negociados com o diretor de recursos humanos, se se tratar de uma grande empresa, ou com o próprio empregador, nos restantes casos.

Se o candidato for admitido, a empresa é legalmente obrigada a informar as autoridades locais sobre a sua contratação logo no primeiro dia de trabalho, mediante envio de um formulário próprio para o efeito à Employment and Training Corporation. O formulário deve ser assinado pelo candidato, que se deve certificar de que o empregador o envia no dia da sua entrada em funções

Poderá haver um período experimental?

Não, não é exigido um período de trabalho experimental porque essa exigência é contrária à legislação em vigor, o que significa que, se ela lhe for feita, o candidato pode recusar.

Qual a duração normal dos estágios?

Esse período varia, geralmente, entre 6 e 12 meses, mas depende da empresa, por isso informe-se a esse respeito antes de começar a trabalhar.

O empregador reembolsar-me-á das despesas efetuadas para comparecer à entrevista?

Depende da empresa.

Quando me comunicarão os resultados?

Em princípio, o empregador informará posteriormente o candidato acerca do resultado da entrevista e, sendo caso disso, se será chamado para outra entrevista. Se for selecionado para o preenchimento da vaga, o candidato será provavelmente informado por telefone, caso se trate de uma empresa pequena, ou notificado por correio normal, se esta for de grande dimensão.

Obtenção de resposta e seguimento da candidatura

Poderá haver uma reunião de avaliação ou um telefonema com o mesmo objetivo.

Com que antecedência devo chegar à entrevista?

A questão da pontualidade na comparência à entrevista é levada muito a sério. Se não conhece a localização exata, deve sair mais cedo para não correr o risco de chegar atrasado. Se não puder comparecer na data prevista, mas se avisar o empregador com uma antecedência razoável (1 dia, pelo menos), não lhe será difícil conseguir uma nova marcação. É conveniente saber quem será o entrevistador.

data da ultima modificação: 2014-11-21 21:39:52

© União Europeia

Study in Poland
Privacy Policy